Root https://www.ibge.gov.br/
Base https://www.ibge.gov.br/
Instance https://censo2022.ibge.gov.br/trabalhe-no-censo/faq-censo2022.html

Perguntas mais frequentes

Processo Seletivo Simplificado - Edital 10/2021 - Recenseador

Qual a empresa organizadora do Processo Seletivo?

O processo seletivo será executado pela FGV.

Qual período de inscrições?

15 de dezembro a 21 de janeiro de 2022.

Onde o candidato pode se inscrever?

O candidato poderá se inscrever SOMENTE via internet, no endereço eletrônico https://conhecimento.fgv.br/concursos/ibgepss21, das 16 horas do primeiro dia de inscrição às 16 horas do último dia de inscrição (horário oficial de Brasília/DF).

Qual valor da taxa de inscrição?

R$ 57,50.

Como o candidato pode pagar a taxa de inscrição?

O candidato deverá efetuar o pagamento da taxa de inscrição por meio da Guia de Recolhimento da União (GRU Cobrança), conforme instruções no item 4 do Edital 10/2021.

Qual grau de escolaridade exigido para a função de Recenseador?

Ensino Fundamental Completo.

Quais as atribuições da função de Recenseador?

De uma maneira geral, ao recenseador cabe coletar, presencialmente e/ou por telefone, as informações do Censo Demográfico 2022 em todos os domicílios do setor censitário que lhe foi atribuído no âmbito da sua Área de Trabalho, registrando-as no dispositivo móvel de coleta, de acordo com as instruções recebidas e dentro do prazo para comparecer ao Posto de Coleta, conforme determinação do Agente Censitário Municipal ou do Agente Censitário Supervisor. Mais detalhes sobre as atribuições, consulte o Anexo II do Edital 10/2021.

Qual a retribuição mensal da função de Recenseador?

A remuneração do Recenseador será por produção, calculada por setor censitário, conforme taxa fixada e de conhecimento prévio pelo Recenseador, de unidades recenseadas (domicílios urbanos e/ou) rurais), tipo de questionário (básico ou amostra), pessoas recenseadas e registro no controle da coleta de dados.

Se o candidato efetuar a inscrição, mas não pagar a taxa, ele está inscrito no processo seletivo?

Não. As inscrições efetuadas somente serão efetivadas após a comprovação de pagamento da taxa de inscrição ou do deferimento da solicitação de isenção da taxa de inscrição.

Até que dia o candidato pode pagar a taxa de inscrição?

Até 16/02/2022. O pagamento da taxa de inscrição após esse dia implica cancelamento automático da inscrição.

Onde o candidato pode ver comprovante de inscrição?

O comprovante de inscrição do candidato estará disponível no endereço eletrônico https://conhecimento.fgv.br/concursos/ibgepss21, por meio da página de acompanhamento, após a aceitação da inscrição, sendo de responsabilidade exclusiva do candidato a obtenção desse documento.

Como o candidato pode solicitar isenção da taxa de inscrição?

Conforme estabelecido no Edital 10/2021:

Fará jus à isenção de pagamento da taxa de inscrição:

a) o candidato economicamente hipossuficiente que estiver inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal – CadÚnico e for membro de família de baixa renda; e

b) o candidato doador de medula óssea em entidades reconhecidas pelo Ministério da Saúde.

5.2.1 O candidato que requerer a isenção na condição de economicamente hipossuficiente deverá informar, no ato da inscrição, os mesmos dados pessoais que foram originalmente informados ao Órgão de Assistência Social do Município responsável pelo seu cadastramento no CadÚnico, mesmo que atualmente tais dados estejam divergentes ou tenham sido alterados nos últimos 45 (quarenta e cinco) dias, em virtude do decurso de tempo para atualização do banco de dados nacional do CadÚnico. Após o julgamento do pedido de isenção, o candidato poderá efetuar a atualização dos seus dados cadastrais junto à FGV através do sistema de inscrições on-line.

5.2.1.1 Mesmo que inscrito no CadÚnico, a inobservância do disposto no subitem anterior poderá implicar o indeferimento do pedido de isenção do candidato, por divergência entre os dados cadastrais informados e os constantes no banco de dados do CadÚnico.

5.2.1.2 A isenção mencionada no subitem 5.2.a poderá ser solicitada no período de inscrições indicado no Cronograma Previsto – Anexo IV, por meio de aplicação específica do link de inscrição no endereço eletrônico https://conhecimento.fgv.br/concursos/ibgepss21, devendo o candidato, obrigatoriamente, indicar o seu Número de Identificação Social – NIS, atribuído pelo CadÚnico, bem como declarar-se membro de família de baixa renda.

5.2.2 O candidato que requerer a isenção na condição de doador de medula óssea, amparado pela Lei nº 13.656/2018, deverá enviar, no período de inscrições indicado no Cronograma Previsto – Anexo IV, por meio de aplicação específica do link de inscrição, disponível no endereço eletrônico https://conhecimento.fgv.br/concursos/ibgepss21, imagem legível de atestado ou de laudo emitido por médico de entidade reconhecida pelo Ministério da Saúde, inscrito no Conselho Regional de Medicina, que comprove que o candidato efetuou a doação de medula óssea, bem como a data da doação e o número cadastrado no REDOME. Somente serão aceitos os documentos enviados nos formatos PDF, JPEG e JPG, cujo tamanho não exceda 3 MB. O candidato deverá observar as demais orientações contidas no link de inscrição para efetuar o envio da documentação.

5.2.2.1 A isenção mencionada no subitem 5.2.2 poderá ser solicitada no período de inscrições indicado no Cronograma Previsto – Anexo IV, por meio de inscrição no endereço eletrônico https://conhecimento.fgv.br/concursos/ibgepss21.

Onde o candidato pode verificar o número de vagas por município?

O quadro de vagas está disponível no endereço eletrônico https://conhecimento.fgv.br/concursos/ibgepss21.

Em qual cidade o candidato irá realizar as provas?

Antes de efetuar a inscrição, o candidato deverá conhecer o edital e certificar-se de que preenche todos os requisitos exigidos para as funções. No sistema de inscrição, o candidato deverá optar pela área de trabalho/município/UF de vaga ao qual deseja concorrer e por um município para realização da prova. Para efetuar a inscrição, o candidato deverá informar o número do seu Cadastro de Pessoa Física (CPF).

O candidato pode realizar a prova em município/UF diverso do município/UF para o qual concorreu a vaga?

Sim.

O candidato pode realizar mais de uma inscrição para a mesma função?

Não. Quando do processamento das inscrições, seja verificada a existência de mais de uma inscrição efetivada (por meio de pagamento ou isenção da taxa) por um mesmo candidato, somente será considerada válida e homologada aquela que tiver sido realizada por último, sendo esta identificada pelo sistema de inscrições online da FGV pela data e hora de envio do requerimento via Internet.

Haverá reserva de vagas?

Sim, o edital prevê reserva de vagas para pessoas pretas ou pardas (PPP) e pessoas com deficiência (PCD), conforme disposições dos itens 6 e 7 e seus subitens, do Edital 10/2021.

Quais as etapas do processo seletivo para Recenseador?

A seleção para a função de Recenseador compreende a realização de prova objetiva, de responsabilidade da FGV, e de treinamento, de responsabilidade do IBGE, ambos de caráter eliminatório e classificatório.

Quais as disciplinas da prova objetiva?

Língua Portuguesa, Matemática, Ética no Serviço Público e Conhecimentos Técnicos.

Onde o candidato consegue informações sobre a disciplina Conhecimentos Técnicos para poder estudar?

O conteúdo da disciplina Conhecimentos técnicos está disponível na Apostila – “Estudos dos Conhecimentos Técnicos” disponível no endereço https://conhecimento.fgv.br/concursos/ibgepss21 para download. O mesmo conteúdo da Apostila está disponível em Curso EAD online no site https://censo2022.ibge.gov.br/sobre/treinamento.html.

Onde o candidato pode consultar os conteúdos programáticos das disciplinas?

No Anexo III do Edital 10/2021.

Qual dia e horário da prova objetiva?

A prova objetiva será aplicada no dia 10 de abril de 2022, das 9 horas às 12 horas (observado o horário oficial de Brasília/DF). Na data indicada no Cronograma Previsto – Anexo IV (retificado), serão divulgados na internet, no endereço eletrônico, https://conhecimento.fgv.br/concursos/ibgepss21 os locais de realização da prova.

A prova objetiva será presencial?

Sim.

Qual a duração da prova objetiva?

3h.

Qual documento o candidato precisa levar no dia da prova objetiva?

Serão considerados documentos de identidade: carteiras expedidas pelos Comandos Militares, pelas Secretarias de Segurança Pública, pelos Institutos de Identificação e pelos Corpos de Bombeiros Militares; carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional (ordens, conselhos etc.); passaporte brasileiro; certificado de reservista; carteiras funcionais expedidas por órgão público que, por lei federal, valham como identidade; carteiras de trabalho; carteiras de identidade do trabalhador; carteiras nacionais de habilitação em papel (somente o modelo com foto); Registro Nacional de Estrangeiro (RNE), com validade.

Não serão aceitos como documentos de identidade: certidões de nascimento; CPF; títulos eleitorais; carteira nacional de habilitação digital (modelo eletrônico); carteiras de estudante; carteiras funcionais sem valor de identidade; Registro Administrativo de Nascimento Indígena (RANI), documentos ilegíveis, não identificáveis e/ou danificados, cópia do documento de identidade, ainda que autenticada; protocolo do documento de identidade; documentos eletrônicos ou qualquer documento de identidade vencido.

Se o candidato estiver com Covid-19, poderá fazer segunda chamada da prova objetiva?

Não haverá segunda chamada para a realização da prova. O não comparecimento ao local de realização da prova no dia e horário determinados implicará a eliminação automática do candidato do processo seletivo simplificado.

Será obrigatório o uso de máscara pelo candidato no dia da prova objetiva?

Sim.

Quais os critérios de avaliação da prova objetiva?

A nota em cada questão da prova objetiva, feita com base nas marcações da folha de respostas, será igual a: 1,00 ponto, caso a resposta do candidato esteja em concordância com o gabarito oficial definitivo da prova; 0,00, caso a resposta do candidato esteja em discordância com o gabarito oficial definitivo da prova, não haja marcação ou haja marcação dupla. A nota final na prova objetiva (NFPO) será igual à soma das notas obtidas em todas as questões que a compõem. Será aprovado na prova objetiva o candidato que obtiver no mínimo 15,00 pontos na prova objetiva e no mínimo 1 acerto em cada uma das disciplinas.

Quem será convocado para o treinamento?

Serão convocados para o treinamento os candidatos aprovados dentro do número de vagas. Os demais candidatos aprovados serão mantidos em lista de espera, podendo ser chamados posteriormente para realização do treinamento em função de reprovação de candidato no treinamento ou eventual desocupação da vaga, durante o prazo de validade do presente processo seletivo, de acordo com a necessidade de trabalho e disponibilidade orçamentária.

Como e para que serve o treinamento?

O treinamento tem caráter eliminatório e classificatório. Será realizado pelo IBGE e terá duas etapas: autoinstrução e presencial. Visa capacitar o Recenseador para a aplicação de conceitos e de procedimentos estabelecidos para o Censo Demográfico 2022. A efetivação dos contratos de trabalho estará condicionada ao resultado obtido no teste final do treinamento.

O candidato precisará comparecer ao treinamento usando máscara?

Para ingresso e permanência dos candidatos no local de treinamento será obrigatório o uso de máscara e seguir as medidas protocolares de prevenção e proteção à saúde determinadas pelo IBGE.

Ao final do treinamento, o candidato será avaliado?

Ao final da etapa presencial, o candidato realizará o teste final do treinamento, cujo resultado será representado em percentual de acertos e aquele que não obtiver o mínimo de 50% de acertos no Teste e, pelo menos, 80% de frequência no Treinamento, será eliminado do processo seletivo. O percentual será computado considerando-se a 1ª casa decimal e descartando-se as demais. Os candidatos que tiverem, pelo menos, 80% de frequência no treinamento presencial, farão jus a uma ajuda de custo referente aos dias em que compareceram integralmente.

Qual critério para o candidato ser considerado aprovado e classificado no processo seletivo?

O candidato aprovado dentro do número de vagas será considerado classificado, enquanto o candidato aprovado fora do número de vagas, dentro dos limites dispostos no Anexo II do Decreto nº 9.739/2019, será considerado não eliminado.

Onde será a lotação em caso de aprovação e classificação no Processo Seletivo Simplificado?

Será lotado na área de trabalho/município/UF da vaga para a qual escolheu concorrer.

Em caso de aprovado e classificado, como o candidato será convocado?

O candidato classificado para as vagas existentes, obedecendo à estrita ordem de classificação final para a UF/município/área de trabalho, será convocado para contratação preferencialmente por e-mail e telefone, informados no Requerimento de Inscrição. No caso de insucesso de contato por estes meios, será encaminhado telegrama, conforme dados informados no aplicativo de inscrição. O candidato deve declarar, por escrito, se aceita ou não a vaga na UF/município/área de trabalho para a qual está sendo convocado.

Em caso de contratação, o candidato estará sujeito a qual regime jurídico? Qual a carga horária de trabalho?

Estará sujeito à Lei nº 8.745, de 9 de dezembro de 1993 que dispõe sobre a contratação por tempo determinado para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público, nos termos do inciso IX do art. 37 da Constituição Federal.

Recomenda-se uma jornada de trabalho de, no mínimo, 25 (vinte e cinco) horas semanais, além da participação integral no Treinamento. Será obrigatório o comparecimento do Recenseador ao Posto de Coleta nos dias e nos horários estipulados pelo ACM ou pelo ACS.

Qual a duração do contrato de trabalho?

A previsão de duração do contrato é de até três meses, podendo ser prorrogado, conforme inciso II do parágrafo único do art. 4º da Lei nº 8.745/1993, com base nas necessidades de conclusão das atividades do Censo Demográfico 2021 e na disponibilidade de recursos orçamentários.

Em caso de aprovação, como o candidato pode acompanhar as convocações?

Pelo portal do IBGE na internet, na aba Trabalhe conosco.

Qual o prazo de validade deste processo seletivo?

O prazo de validade do Processo Seletivo Simplificado será de 1 ano, contado a partir da data de assinatura do primeiro contrato, podendo ser prorrogado nos termos do parágrafo único do art. 4° da Lei 8.745, de 1993.

O candidato pode realizar inscrição nos dois processos seletivos: Agente Censitário e Recenseador?

Sim.

Durante o treinamento dos aprovados, as despesas de alimentação e hospedagem correrão por conta dele?

Os candidatos que tiverem, pelo menos, 80% de frequência no treinamento presencial, farão jus a uma ajuda de treinamento referente aos dias em que compareceram integralmente.

A jornada de trabalho será em que turno do dia?

O recenseador receberá um setor censitário para trabalhar e entrará em acordo com seu supervisor sobre prazo para realizar a totalidade das entrevistas. Sua jornada não será controlada pelo IBGE, já que ele será pago por produção (número de entrevistas que realizar). Ele poderá trabalhar, inclusive, nos finais de semana e feriados.

O candidato classificado irá trabalhar em dedicação exclusiva ao IBGE?

Não.

Um candidato aprovado e classificado dentro do número de vagas poderá trabalhar se já tiver trabalhado como temporário em outro processo seletivo do IBGE há menos de 24 meses?

Não. O inciso III do art. 9º da Lei 8.745/93 dispõe que o pessoal contratado por esta lei não pode ser novamente contratado pela mesma legislação antes de decorridos 24 meses do encerramento do contrato anterior.

O candidato que se inscreveu para os processos seletivos do Censo que iriam ocorrer em 2020 e 2021 terá sua inscrição válida para este processo de 2021 ou é preciso se inscrever novamente?

Quem se inscreveu nas seleções passadas não está com a inscrição garantida para os processos seletivos deste ano. É preciso fazer nova inscrição e pagar a taxa para garantir a participação na nova seleção.

Desde maio de 2020, os inscritos na seleção cancelada podem solicitar o reembolso da taxa de inscrição através da Central de Atendimento do IBGE, pelo telefone 0800 721 8181. A ligação é gratuita. Basta informar nome e CPF para confirmação do cadastro e dados bancários (banco, nº da agência e conta bancária), em que seja o titular, para o recebimento do valor. Em janeiro, o IBGE iniciou a terceira fase de restituição da taxa de inscrição.

Processo Seletivo Simplificado - Edital 09/2021 - Agente Censitário Municipal - ACM e Agente Censitário Supervisor - ACS

Qual a empresa organizadora do Processo Seletivo?

O processo seletivo será executado pela FGV.

Qual período de inscrições?

15 de dezembro a 21 de janeiro de 2022.

Onde o candidato pode se inscrever?

O candidato poderá se inscrever SOMENTE via internet, no endereço eletrônico https://conhecimento.fgv.br/concursos/ibgepss21, das 16 horas do primeiro dia de inscrição às 16 horas do último dia de inscrição (horário oficial de Brasília/DF).

Qual valor da taxa de inscrição?

R$ 60,50.

Como o candidato pode pagar a taxa de inscrição?

O candidato deverá efetuar o pagamento da taxa de inscrição por meio da Guia de Recolhimento da União (GRU Cobrança), conforme instruções no item 4 do Edital 09/2021.

Qual grau de escolaridade mínimo exigido para as funções de ACM e ACS?

ACM: ensino médio completo.

ACS: ensino médio completo.

Quais as atribuições da função de ACM?

Acompanhar as atividades da coleta de dados, garantindo a perfeita cobertura da área territorial, o cumprimento dos prazos e a qualidade das informações coletadas. Mais detalhes da função podem ser consultados no Anexo II do Edital 09/2021.

Quais as atribuições da função de ACS?

Acompanhar os recenseadores em campo para esclarecimento de dúvidas quanto à identificação dos limites dos setores censitários e percursos, visando à cobertura correta de suas áreas de trabalho; monitorar a produtividade dos recenseadores. Mais detalhes da função podem ser consultados no Anexo II do Edital 09/2021.

Qual a retribuição mensal e jornada de trabalho das funções de ACM e ACS?

ACM: R$ 2.100,00.

Jornada de trabalho: 40 horas semanais, sendo 8 horas diárias.

ACS: R$ 1.700,00.

Jornada de trabalho: 40 horas semanais, sendo 8 horas diárias.

O candidato pode se inscrever para as duas funções: ACM e ACS?

As vagas para as funções de ACM e ACS terão inscrição única. Serão oferecidas as vagas de ACM aos candidatos que obtiverem melhor classificação no processo seletivo simplificado. Aos demais candidatos classificados, serão asseguradas as vagas de ACS, obedecida a ordem de classificação.

Até que dia o candidato pode pagar a taxa de inscrição?

Até 16/02/2022. O pagamento da taxa de inscrição após esse dia implica cancelamento automático da inscrição.

Onde o candidato pode ver o comprovante de inscrição?

O comprovante de inscrição do candidato estará disponível no endereço eletrônico https://conhecimento.fgv.br/concursos/ibgepss21, por meio da página de acompanhamento, após a aceitação da inscrição, sendo de responsabilidade exclusiva do candidato a obtenção desse documento.

Como o candidato pode solicitar isenção da taxa de inscrição?

Conforme estabelecido no Edital 09/2021:

Fará jus à isenção de pagamento da taxa de inscrição:

a) o candidato economicamente hipossuficiente que estiver inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal – CadÚnico e for membro de família de baixa renda; e

b) o candidato doador de medula óssea em entidades reconhecidas pelo Ministério da Saúde.

5.2.1 O candidato que requerer a isenção na condição de economicamente hipossuficiente deverá informar, no ato da inscrição, os mesmos dados pessoais que foram originalmente informados ao Órgão de Assistência Social do Município responsável pelo seu cadastramento no CadÚnico, mesmo que atualmente tais dados estejam divergentes ou tenham sido alterados nos últimos 45 (quarenta e cinco) dias, em virtude do decurso de tempo para atualização do banco de dados nacional do CadÚnico. Após o julgamento do pedido de isenção, o candidato poderá efetuar a atualização dos seus dados cadastrais junto à FGV através do sistema de inscrições on-line.

5.2.1.1 Mesmo que inscrito no CadÚnico, a inobservância do disposto no subitem anterior poderá implicar o indeferimento do pedido de isenção do candidato, por divergência entre os dados cadastrais informados e os constantes no banco de dados do CadÚnico.

5.2.1.2 A isenção mencionada no subitem 5.2.a poderá ser solicitada no período de inscrições indicado no Cronograma Previsto – Anexo IV, por meio de aplicação específica do link de inscrição no endereço eletrônico https://conhecimento.fgv.br/concursos/ibgepss21, devendo o candidato, obrigatoriamente, indicar o seu Número de Identificação Social – NIS, atribuído pelo CadÚnico, bem como declarar-se membro de família de baixa renda.

5.2.2 O candidato que requerer a isenção na condição de doador de medula óssea, amparado pela Lei nº 13.656/2018, deverá enviar, no período de inscrições indicado no Cronograma Previsto – Anexo IV, por meio de aplicação específica do link de inscrição, disponível no endereço eletrônico https://conhecimento.fgv.br/concursos/ibgepss21, imagem legível de atestado ou de laudo emitido por médico de entidade reconhecida pelo Ministério da Saúde, inscrito no Conselho Regional de Medicina, que comprove que o candidato efetuou a doação de medula óssea, bem como a data da doação e o número cadastrado no REDOME. Somente serão aceitos os documentos enviados nos formatos PDF, JPEG e JPG, cujo tamanho não exceda 3 MB. O candidato deverá observar as demais orientações contidas no link de inscrição para efetuar o envio da documentação.

5.2.2.1 A isenção mencionada no subitem 5.2.2 poderá ser solicitada no período de inscrições indicado no Cronograma Previsto – Anexo IV, por meio de inscrição no endereço eletrônico https://conhecimento.fgv.br/concursos/ibgepss21.

Se o candidato efetuar a inscrição, mas não pagar a taxa, ele está inscrito no processo seletivo?

Não. As inscrições efetuadas somente serão efetivadas após a comprovação de pagamento da taxa de inscrição ou do deferimento da solicitação de isenção da taxa de inscrição.

Onde o candidato pode verificar o número de vagas por município?

O quadro de vagas está disponível no endereço eletrônico https://conhecimento.fgv.br/concursos/ibgepss21.

Em qual cidade o candidato irá realizar as provas?

Antes de efetuar a inscrição, o candidato deverá conhecer o edital e certificar-se de que preenche todos os requisitos exigidos para as funções. No sistema de inscrição, o candidato deverá optar pela área de trabalho/município/UF de vaga ao qual deseja concorrer e por um município para realização da prova. Para efetuar a inscrição,

o candidato deverá informar o número do seu Cadastro de Pessoa Física (CPF).

O candidato pode realizar a prova em município/UF diferente do município/UF para o qual concorreu à vaga?

Sim.

O candidato pode realizar mais de uma inscrição para a mesma função?

Não. Quando do processamento das inscrições seja verificada a existência de mais de uma inscrição efetivada (por meio de pagamento ou isenção da taxa) por um mesmo candidato, somente será considerada válida e homologada aquela que tiver sido realizada por último, sendo esta identificada pelo sistema de inscrições online da FGV pela

data e hora de envio do requerimento via Internet.

Haverá reserva de vagas?

Sim, o edital prevê reserva de vagas para pessoas pretas ou pardas (PPP) e pessoas com deficiência (PcD), conforme disposições dos itens 6 e 7 e seus subitens, do Edital 09/2021.

Quais as etapas do processo seletivo para ACM e ACS?

Será aplicada apenas uma prova objetiva para ambas as funções, de caráter eliminatório e classificatório, que contém as disciplinas: Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico Quantitativo, Ética no Serviço Público, Noções de Administração/Situações Gerenciais e Conhecimentos Técnicos.

Onde o candidato consegue informações sobre a disciplina Conhecimentos Técnicos para poder estudar?

O conteúdo da disciplina Conhecimentos técnicos está disponível na Apostila – “Estudos dos Conhecimentos Técnicos” disponível no endereço https://conhecimento.fgv.br/concursos/ibgepss21 para download. O mesmo conteúdo da Apostila está disponível em Curso EAD online no site https://censo2022.ibge.gov.br/sobre/treinamento.html.

Onde o candidato pode consultar os conteúdos programáticos das disciplinas?

No Anexo III do Edital 09/2021.

Qual dia e horário da prova objetiva?

A prova objetiva será aplicada no dia 10 de abril de 2022, das 14h30m às 18h (observado o horário oficial de Brasília/DF). Na data indicada no Cronograma Previsto – Anexo IV (retificado), serão divulgados na internet, no endereço eletrônico https://conhecimento.fgv.br/concursos/ibgepss21, os locais de realização da prova.

A prova objetiva será presencial?

Sim.

Qual a duração da prova objetiva?

3h30min.

Qual documento o candidato precisa levar no dia da prova objetiva?

Serão considerados documentos de identidade: carteiras expedidas pelos Comandos Militares, pelas Secretarias de Segurança Pública, pelos Institutos de Identificação e pelos Corpos de Bombeiros Militares; carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional (ordens, conselhos etc.); passaporte brasileiro; certificado de reservista; carteiras funcionais expedidas por órgão público que, por lei federal, valham como identidade; carteiras de trabalho; carteiras de identidade do trabalhador; carteiras nacionais de habilitação em papel (somente o modelo com foto); Registro Nacional de Estrangeiro (RNE), com validade.

Não serão aceitos como documentos de identidade: certidões de nascimento; CPF; títulos eleitorais; carteira nacional de habilitação digital (modelo eletrônico); carteiras de estudante; carteiras funcionais sem valor de identidade; Registro Administrativo de Nascimento Indígena (RANI), documentos ilegíveis, não identificáveis e/ou danificados, cópia do documento de identidade, ainda que autenticada; protocolo do documento de identidade; documentos eletrônicos ou qualquer documento de identidade vencido.

Se o candidato estiver com Covid-19, poderá fazer segunda chamada da prova objetiva?

Não haverá segunda chamada para a realização da prova. O não comparecimento ao local de realização da prova nos dias e horários determinados implicará a eliminação automática do candidato do processo seletivo simplificado.

Será obrigatório o uso de máscara pelo candidato no dia da prova objetiva?

Sim.

Quais os critérios de avaliação da prova objetiva?

A prova objetiva de todos os candidatos será corrigida por meio de processamento eletrônico da folha de respostas. A nota em cada questão da prova objetiva, feita com base nas marcações da folha de respostas, será igual a: 1,00 ponto, caso a resposta do candidato esteja em concordância com o gabarito oficial definitivo da prova; 0,00, caso a resposta do candidato esteja em discordância com o gabarito oficial definitivo da prova, não haja marcação ou haja marcação dupla.

A nota final na prova objetiva (NFPO) será igual à soma das notas obtidas em todas as questões que a compõem. Será aprovado na prova objetiva o candidato que obtiver no mínimo 18,00 pontos na prova objetiva e no mínimo 1 acerto em cada uma das disciplinas.

Qual critério para o candidato ser considerado aprovado e classificado no processo seletivo?

O candidato aprovado dentro do número de vagas será considerado classificado, enquanto o candidato aprovado fora do número de vagas, dentro dos limites dispostos no Anexo II do Decreto nº 9.739/2019, será considerado não eliminado.

Onde será a lotação em caso de aprovação e classificação no Processo Seletivo Simplificado?

Será lotado na área de trabalho/município/UF da vaga para a qual escolheu concorrer.

Em caso de aprovado e classificado, como o candidato será convocado?

O candidato classificado para as vagas existentes, obedecendo à estrita ordem de classificação final para a UF/município/área de trabalho, será convocado para contratação preferencialmente por e-mail e telefone, informados no Requerimento de Inscrição. No caso de insucesso de contato por estes meios, será encaminhado telegrama, conforme dados informados no aplicativo de inscrição. O candidato deve declarar, por escrito, se aceita ou não a vaga na UF/município/área de trabalho para a qual está sendo convocado.

Em caso de contratação, o candidato estará sujeito a qual regime jurídico? Qual a carga horária de trabalho?

Estará sujeito à Lei nº 8.745, de 9 de dezembro de 1993 que dispõe sobre a contratação por tempo determinado para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público, nos termos do inciso IX do art. 37 da Constituição Federal.

Qual a duração do contrato de trabalho?

A previsão de duração do contrato é de até cinco meses, podendo ser prorrogado, conforme inciso II do parágrafo único do art. 4º da Lei nº 8.745/1993, com base nas necessidades de conclusão das atividades do Censo Demográfico 2022 e na disponibilidade de recursos orçamentários.

Em caso de aprovação, como o candidato pode acompanhar as convocações?

Pelo portal do IBGE na internet, na aba Trabalhe conosco.

Qual o prazo de validade deste processo seletivo?

O prazo de validade do Processo Seletivo Simplificado será de 1 ano, contado a partir da data de assinatura do primeiro contrato, podendo ser prorrogado nos termos do parágrafo único do art. 4° da Lei 8.745, de 1993.

O candidato pode realizar inscrição nos dois processos seletivos: Agente Censitário e Recenseador?

Sim, pode.

O candidato classificado irá trabalhar em dedicação exclusiva ao IBGE?

Não.

Um candidato aprovado e classificado dentro do número de vagas poderá trabalhar se já tiver trabalhado como temporário em outro processo seletivo do IBGE há menos de 24 meses?

Não. O inciso III do art. 9º da Lei 8.745/93 dispõe que o pessoal contratado por esta lei não pode ser novamente contratado pela mesma legislação antes de decorridos 24 meses do encerramento do contrato anterior.

O candidato que se inscreveu para os processos seletivos do Censo que iriam ocorrer em 2020 e 2021 terá sua inscrição válida para este processo de 2021 ou é preciso se inscrever novamente?

Quem se inscreveu nas seleções passadas não está com a inscrição garantida para os processos seletivos deste ano. É preciso fazer nova inscrição e pagar a taxa para garantir a participação na nova seleção.

Desde maio de 2020, os inscritos na seleção cancelada podem solicitar o reembolso da taxa de inscrição através da Central de Atendimento do IBGE, pelo telefone 0800 721 8181. A ligação é gratuita. Basta informar nome e CPF para confirmação do cadastro e dados bancários (banco, nº da agência e conta bancária), em que seja o titular, para o recebimento do valor. Em janeiro, o IBGE iniciou a terceira fase de restituição da taxa de inscrição.