Root https://www.ibge.gov.br/
Base https://www.ibge.gov.br/
Instance https://censo2022.ibge.gov.br/noticias-por-estado/34065-cnefe-debate-suas-atividades-durante-o-censo-mirando-2023-em-encontro-nacional

CNEFE debate suas atividades durante o Censo, mirando 2023, em encontro nacional

Editoria: Censo 2022 | Da Redação

10/06/2022 13h45 | Atualizado em 10/06/2022 13h45

Reunindo os servidores do Brasil que trabalham com o cadastro nacional de endereços, o encontro do CNEFE debateu um tema extremamente relevante para o Censo e o IBGE: a atualização completa do “CNEFE Universo”. O “CNEFE Universo” é o banco de dados que armazena todos os endereços já registrados pelo IBGE ao longo do território nacional .

Do ponto de vista do cadastro de endereços, o resultado é semelhante ao de se atualizar todos os 452.246 setores censitários, durante a coleta do Censo. Isto denota a importância da equipe debater acerca da necessidade de ter procedimentos de acompanhamento e avaliação do trabalho realizado tanto pelo ACS durante a etapa de Reconhecimento de Setores e Pesquisa Urbanística do Entorno dos Domicílios, quanto pelo recenseador durante a coleta do Censo em si. Tais dados atualizarão a base de logradouros, faces, endereços e espécies que compõem o CNEFE e servirão de insumos para as pesquisas domiciliares amostrais já a partir de março de 2023.

O encontro nacional do CNEFE foi realizado durante os dias 31 de maio e 1º de junho no Rio de Janeiro.

Foram abordados temas importantes para o cadastro durante esse ano e o próximo ano, com especial destaque acompanhamento da coleta do Censo Demográfico 2022. A proposta para esse trabalho com o Censo pode ser resumida em 3 grandes eixos:

  • Geração de relatórios semanais de acompanhamento (aspectos mais relevantes para o cadastro);
  • Reunião também semanal entre coordenação nacional e coordenadores estaduais para avaliar o que foi alertado pelos relatórios; e
  • Comunicação à rede de coleta do Censo

Tal avaliação será realizada para cada UF, dentro do recorte “subárea”. Os casos mais críticos serão avaliados localmente pela coordenação estadual do CNEFE e, se necessário, reportados às coordenações do Censo.

Alguns dos itens mais críticos que serão monitorados são: a exclusão equivocada de faces durante a etapa do Entorno (o que afeta o trabalho posterior do recenseador); a não captura de coordenadas geográficas para os endereços durante a coleta do Censo; e a exclusão acidental de endereços marcados na seleção da PNADC.

Saindo da esfera do Censo, foi apresentada aos servidores a proposta de reorganização da estrutura do IBGE, prevista para entrar em vigor a partir de novembro deste ano, na qual está prevista a criação de novas unidades organizacionais para acomodar as atividades do Cadastro, tanto na sede quanto nas UEs,. Na Sede, será criada uma Gerência do Cadastro de Endereços na vindoura Coordenação Gerencial de Operações Censitárias (CGOC), que substituirá a COC (Coordenação Operacional dos Censos) e ampliará o rol de suas atividades. Já nas UEs, será criada a Supervisão do Cadastro de Endereços, ratificando o papel do CNEFE enquanto atividade contínua e independente, além de sua importância crescente para a instituição.

Durante a apresentação do cronograma de atividades para 2023 foi abordado o retorno das atualizações de campo para a PNADC, já acordado com a DPE/COREN para junho de 2023. A divulgação do cadastro de endereços oriundo do Censo também foi um tema relevante abordado, pois há uma expectativa de divulgação para o segundo trimestre de 2023. Além dos modelos tradicionais de divulgação já utilizados em 2010 e 2017, há uma proposta de um serviço web para que o usuário consiga ter acesso de modo mais fácil e customizável a base de dados, permitindo novos recortes territoriais e novas formas de consulta.

Por fim, foram apresentados também os materiais assíncronos elaborados pelo CNEFE para o então Censo 2022 e que estão disponíveis no BDO, tais como os de coleta em mutirão e sobre divisão ou agregação de quadras e faces. A ideia é que as equipes nas UEs também sirvam como pontos focais de disseminação desses conteúdos e forneçam suporte às coordenações estaduais e rede de coleta do Censo nessas temáticas.

De acordo com o cronograma apresentado no evento, o próximo encontro do CNEFE está previsto para março de 2023, momento a partir do qual os dados oriundos do Censo e migrados para o CNEFE Universo já começarão a ser trabalhados em gabinete pelas equipes. Todos os servidores do CNEFE anseiam por um grande Censo e que seus dados forneçam um ótimo novo cadastro de endereços para fins estatísticos ao IBGE ao final dessa tão esperada operação censitária.

Mais notícias deste Estado