Root https://www.ibge.gov.br/
Base https://www.ibge.gov.br/
Instance https://censo2022.ibge.gov.br/noticias-por-estado/33748-ue-para-realiza-segundo-treinamento-de-multiplicadores-para-censo-2022

UE Pará realiza segundo treinamento de multiplicadores para censo 2022

Editoria: Censo 2022 | Da Redação

13/05/2022 12h13 | Atualizado em 13/05/2022 12h13

A Unidade Estadual do IBGE no Pará iniciou, no dia 3 de maio, o II Treinamento Estadual para Multiplicadores do Censo 2022. Os participantes são coordenadores de Áreas e Subáreas de todo o estado. O evento ocorre no Hotel Fazenda Santa Rosa, localizado no município de Vigia, distante 77 Km da capital. Este segundo treinamento é ministrado por cinco dos 22 servidores que participaram do primeiro, realizado em Belém, entre 4 a 14 de abril.


II Treinamento Estadual para Multiplicadores, em Vigia (PA)

Nesta etapa do ciclo de formação para o Censo, 77 servidores da UE Pará estão sendo treinados, sendo 17 coordenadores de área, 48 coordenadores de subárea, oito servidores do quadro efetivo da UE Pará (não diretamente ligados ao Censo), dois supervisores de coleta e qualidade (SCQ), um agente censitário operacional (ACO) e um analista censitário.

Na abertura, realizada na noite de segunda-feira, dia 2, estiveram presentes os coordenadores estaduais do Censo e representantes da coordenação nacional (RJ). Pela UE Pará, participaram o chefe da unidade, Rony Helder Cordeiro; o Gerente de Planejamento e Gestão, Douglas Oliveira; o coordenador técnico do Censo, Luiz Cláudio Martins; a coordenadora operacional do Censo, Bárbara Padilha; e o coordenador de treinamento, Cássio Araújo. Dos servidores lotados na sede do IBGE, no Rio de Janeiro, participaram Marta de Oliveira Antunes, que é ligada à Coordenação Técnica Nacional do Censo Demográfico e responsável pelo Grupo de Trabalho de Povos e Comunidades Tradicionais (PCT’s); e Eduardo Batista, vice coordenador nacional do Cadastro Nacional de Endereços para Fins Estatísticos (CNEFE).

Durante a cerimônia de abertura, Rony Cordeiro deu boas vindas a todos e, destacou seu contentamento por estar sendo possível a realização dos treinamentos em modalidade presencial, após tão longo período de isolamento social imposto pela pandemia de Covid-19. Para o chefe da UE Pará, a realização desse treinamento demonstra que o Censo já está acontecendo. Marta Antunes parabenizou a equipe do Pará e, na condição de responsável pelo GT que planeja a coleta junto aos PCT’s, apontou alguns desafios que as equipes em campo enfrentarão para garantir a qualidade da coleta em territórios ocupados por informantes indígenas e remanescentes de quilombos.

Luiz Cláudio Martins enfatizou a importância da preparação de Áreas e Subáreas para o sucesso e qualidade do censo e disse que o treinamento é um “momento precioso que deve ser aproveitado ao máximo”. Douglas Oliveira, em sua fala, lembrou o desafio do gerenciamento do IBGE no período censitário, concomitante ao prosseguimento das demais pesquisas domiciliares e recomendou empenho e compromisso de todos. Bárbara Padilha também falou do contexto desafiador do censo, citando dois outros eventos geradores de grande mobilização nacional: as eleições e a copa do mundo. A coordenadora operacional lembrou que será necessária muita disciplina para garantir uma boa realização do Censo 2022.

Segundo o coordenador estadual de treinamentos, Cássio Araújo, a metodologia de imersão, utilizada nesta segunda etapa, em Vigia, objetiva garantir a excelência no processo de aprendizado dos participantes. “Nossa ideia, em trazê-los para um hotel fazenda, é criar um processo de desconexão da correria das cidades e até mesmo das próprias atividades do órgão. A ideia é que estejam concentrados exclusivamente no treinamento, garantindo um nível altíssimo de aprendizado”, explicou. Em sua fala, durante a cerimônia de abertura, Cássio manifestou sua satisfação em realizar o treinamento de uma operação tão importante para o IBGE, como o Censo demográfico.

Durante os próximos 10 dias, estarão atuando como instrutores, em Vigia, os servidores Mirna Araújo (da Área Tucuruí), Ezequiel de Araújo (Área Marabá), Wellington Pereira (Área Itaituba), Solange Perotes (Área Capanema) e José Maria Costa Júnior (Cientista Social e Analista Censitário atuando na coleta junto aos PCT’s no Pará). De acordo com Mirna Araújo, além dos conteúdos técnicos ligados ao funcionamento dos DMC’s e demais equipamentos utilizados na coleta, os treinandos receberão orientações sobre procedimentos gerenciais.

No próximo treinamento do ciclo, programado para junho, os atuais treinandos de Vigia é que estarão à frente da tarefa de repassar do conteúdo para Agentes Censitários Municipais (ACM) e Agentes Censitários Supervisores (ACS).

Mais notícias deste Estado