Root https://www.ibge.gov.br/
Base https://www.ibge.gov.br/
Instance https://censo2022.ibge.gov.br/2963-c2020-censo-2020/c2020-hotsite/32233-ue-pb-da-inicio-ao-teste-do-censo-demografico-em-capim.html

UE/PB dá início ao Teste do Censo Demográfico em Capim

Editoria: Censo 2022 | Da redação

04/11/2021 15h24 | Atualizado em 15/11/2021 23h56

No dia 29 de outubro, a Unidade Estadual da Paraíba deu o pontapé inicial do Teste de Homologação do Censo Demográfico 2022 em Capim, pondo em campo a Pesquisa do Entorno, cujo objetivo é investigar as características urbanísticas dos logradouros do município. 

Durante o levantamento serão percorridos os seis setores censitários urbanos de Capim. A operação conta com a participação de dois coordenadores de subárea, que estão atuando como agentes supervisores (ACS); dos coordenadores estaduais operacional e da base territorial, Francisco Eugênio e Fernando Lins; do coordenador de área, Felipe Fraga; e de uma analista censitária.

Capim fica localizada a 22 km de João Pessoa

A pesquisa, que precede a coleta de dados nos domicílios pelos recenseadores, fornece importantes subsídios para contextualização das informações obtidas nas entrevistas domiciliares. “Nós coletamos principalmente informações sobre a infraestrutura urbana, como pavimentação das ruas, iluminação pública, arborização, saneamento, acessibilidade”, informou Filipe Gomes, coordenador de subárea em Mamanguape e agente censitário supervisor no teste de Capim.

O levantamento do entorno, conforme explicou Francisco Eugênio, “é mais uma oportunidade de a equipe conhecer o município escolhido, avaliar o treinamento, testar em campo os DMCs e os aplicativos utilizados, assim como os EPIs e os protocolos de prevenção à Covid-19”.

A coleta de dados do Entorno foi realizada por dois ACSs

Do ponto de vista da Base Territorial, a pesquisa serve para verificar presencialmente a conformidade das faces dos setores censitários previamente estabelecidas. “Pode ocorrer uma desatualização e a necessidade de se mapear um logradouro novo ou uma quadra que tenha se modificado. Isso é feito através de GPS e adicionado posteriormente nos DMCs dos recenseadores”, explicou Fernando.

A equipe paraibana de comunicação do Censo Demográfico, coordenada por Jorge Alves, também esteve presente no decorrer do levantamento. A ocasião serviu para produção de fotos e vídeos com entrevistas, que serão enviados aos veículos de comunicação do estado, promovendo o Teste de Homologação. 

“Aproveitamos a oportunidade também para fortalecer a parceria com as instituições locais e para realizar, com a Coordenação de Informática do Censo, os preparativos para o evento de abertura da coleta domiciliar, que ocorrerá na Câmara Municipal de Capim e será transmitido para os servidores e jornalistas locais”, acrescentou Jorge.

O percurso dos ACSs foi monitorado pela Base Territorial

Mais notícias deste Estado