Root https://www.ibge.gov.br/
Base https://www.ibge.gov.br/
Instance https://censo2022.ibge.gov.br/2963-c2020-censo-2020/c2020-hotsite/32166-teste-do-censo-2022-na-bahia-mobiliza-jornalistas-e-repercute-na-midia-local.html

Na Bahia, 'largada oficial' atraiu jornalistas de todos os veículos

Editoria: Censo 2022 | Da redação

09/11/2021 15h00 | Atualizado em 10/11/2021 14h01

A quinta-feira, 4 de novembro de 2021, data do início dos Testes do Censo Demográfico 2022 em todo o Brasil, começou bem cedo em Salvador, para as equipes da Unidade Estadual do IBGE na Bahia (UE/BA). Na verdade, começou na véspera, quando, aos contatos de última hora com a mídia local e preparativos finais para o evento de lançamento, somaram-se as primeiras entrevistas gravadas, com embargo, para rádios da capital e interior.

A demanda dos jornalistas por informações detalhadas sobre a operação, entrevistas e marcações para acompanhar recenseadores em campo, no dia seguinte, já indicava que, sem dúvida, o primeiro dia do Teste, no bairro de Amaralina, seria agitado.

Mais do que isso, seria notícia!

Às 7h45, a coordenadora de Divulgação do Censo na Bahia, Mariana Viveiros, e o coordenador de subárea Edmilson Andrade, atuando como recenseador no Teste em Amaralina, estavam a postos na frente de um prédio no bairro, aguardando a equipe da TV Bahia, afiliada da Rede Globo no estado.

Uma entrevista ao vivo iria ocorrer por volta de 8h, e era preciso controlar o frio no estômago da melhor forma possível: repassando juntos as informações não poderiam faltar aos telespectadores do Jornal do Manhã, o mais assistido na emissora.

Encerrado o primeiro compromisso, mal houve tempo para respirar. Andrade seguiu na mesma rua, para fazer, às 8h30, a primeira coleta domiciliar, no apartamento e ateliê da cantora e artista plástica Laura (Laurinha) Arantes. Foi acompanhado pelo jornalista censitário da UE/BA, Heitor Montes, pela equipe da TV Educadora (TVE) e por um fotógrafo do principal jornal impresso e portal de notícias da Bahia, o Correio*.

E a “largada oficial” marcada para 9h, também ali perto, no auditório da Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM), ainda nem tinha começado. Reunindo cerca de 50 pessoas, entre censitários da Bahia, parceiros institucionais e representantes do poder público municipal, o evento de apresentação do Teste do Censo em Amaralina atraiu ainda outras duas das principais emissoras de TV baianas - TV Itapoan/ Record e TV Aratu/ SBT - e um repórter do Correio*.

Depois de entrevistarem o coordenador Operacional do Censo na Bahia, Francisco Brito, tirarem as últimas dúvidas e fazerem algumas imagens, eles acompanharam uma segunda coleta de informações, desta vez na casa do economista aposentado Jairo Borges.

O evento de lançamento se encerrou perto das 11h, mas o dia ainda iria longe! De volta à sede da UE/BA, houve mais entrevistas por telefone, inclusive para o jornal impresso/ portal de notícias Tribuna da Bahia, e esclarecimentos de dúvidas. Era preciso também conferir o que já havia sido noticiado na mídia soteropolitana sobre o Teste em Amaralina.

E o resultado mostrou como o Censo Demográfico tem o poder de mobilizar jornalistas e meios de comunicação, refletindo o reconhecimento geral sobre a extrema relevância do maior levantamento estatístico do país.

Foram compiladas pela equipe da Supervisão de Disseminação de Informações da Bahia (SDI-BA), entre os dias 4 e 5 de novembro, pelo menos 23 matérias jornalísticas sobre o início do Teste do Censo 2022 no estado.

Dessas, 6 foram veiculadas em telejornais de 4 das principais emissoras de TV baianas. Duas delas (TVE e TV Itapoan/Record) deram matérias em dois programas cada uma. Os jornais impressos publicaram outras 2 notícias - na Tribuna da Bahia, com chamada na capa. O Teste foi tema ainda de pelo menos 1 inserção na Bandnews FM Salvador, e também de postagem no perfil oficial da rádio no Instagram. Na rádio 98 FM, de Campo Formoso (a cerca de 400 km da capital), além de mais 1 veiculação, é possível baixar a notícia no formato de podcast.

Outras 13 notícias foram compiladas em sites e portais, alguns com importante peso local, como o nordesteeusou.com.br, muito atuante no Nordeste de Amaralina, bairro vizinho ao local do Teste.

“E o melhor desse relato é que ele não foi exclusivo da Bahia. Em todas as 27 Unidades Estaduais do IBGE, o início do Teste repercutiu de forma expressiva, engajando mídia, governos, parceiros e comunidades e marcando de forma extremamente positiva a retomada dos trabalhos de campo preparatórios para o Censo 2022”, afirmou Mariana Viveiros.

Mais notícias deste Estado