Root https://www.ibge.gov.br/
Base https://www.ibge.gov.br/
Instance https://censo2022.ibge.gov.br/2963-c2020-censo-2020/c2020-hotsite/31830-ue-para-recebe-apoio-da-agencia-distrital-de-mosqueiro-para-teste-do-censo-em-novembro.html

UE Pará recebe apoio da Agência Distrital de Mosqueiro para Teste do Censo em novembro

Editoria: Censo 2022 | Da redação

04/10/2021 16h54 | Atualizado em 07/10/2021 13h54

 

Durante reunião realizada no último dia 28, a coordenação estadual do Censo Demográfico 2022 no Pará recebeu o apoio da Agência Distrital (AD) de Mosqueiro, órgão ligado à Prefeitura de Belém (PA) que representa a administração municipal naquele distrito, onde a Unidade Estadual do IBGE no Pará (UE Pará) pretende realizar em dezembro o Teste de Homologação do Censo. A localidade será o bairro Vila, um dos mais antigos do Distrito de Mosqueiro, conhecido como tradicional balneário da Região Metropolitana da capital paraense.

Devido a impedimentos de agenda, a agente distrital de Mosqueiro, Vanessa Egla, não pôde participar do encontro, mas designou o diretor geral da AD, Railson Santos, para as primeiras tratativas sobre o teste que o IBGE precisará realizar. Da UE Pará, participaram o coordenador técnico do Censo, Luiz Cláudio Martins; a coordenadora estadual de Repac (reunião de planejamento e acompanhamento), Liliane Costa; a coordenadora censitária de subárea de Mosqueiro, Viviane Costa; além da analista censitária (jornalista) Angela Gonzalez.

Segundo Martins, as conversas em Mosqueiro foram consequência de outra reunião, ocorrida na semana passada, com a Secretaria Municipal de Coordenação Geral do Planejamento e Gestão (Segep). “No encontro que tivemos com representantes da Segep, aproveitamos para pedir apoio tanto para o teste como para o Censo 2022. Foi a partir dessa reunião que a própria Segep demandou à AD de Mosqueiro que abrisse um espaço na agenda para nos receber o quanto antes. Essa nossa ida a Mosqueiro foi a primeira de muitas até que tudo esteja pronto para que possamos realizar o teste de homologação. Fomos muito bem recebidos e ficamos satisfeitos com a adesão da administração local já nesse primeiro contato”, disse Martins.

Durante a reunião, o diretor geral da AD lembrou o quanto é prejudicial, tanto à população quanto ao poder público, não ter dados atualizados de população devido aos adiamentos que o Censo sofreu. Segundo ele, Mosqueiro tem mais de 33 mil títulos eleitorais cadastrados, mas a população oficial ainda é de 28 mil habitantes. “É crucial que haja o Censo de 2022, para que, enfim, esses dados sejam equiparados à realidade. Só assim as administrações locais poderão garantir recursos adequados para os municípios para prestar um bom atendimento à população”, defendeu Railson.

Um dos principais resultados da reunião foi a garantia de cessão de uma sala na própria sede da Agência Distrital, localizada no bairro Vila. “Não poderão nos dar a mobília, mas a sala que o Railson nos garantiu é muito boa. Além de ampla, tem várias janelas, o que nos garantirá excelente arejamento, e contaremos com a segurança do próprio prédio”, informou Martins.

Para a CCS de Mosqueiro, Viviane Costa, a reunião foi além das expectativas da preparação do teste. “Além da garantia da sala para o teste, já adiantamos as negociações de apoio também para a instalação posto de coleta em Mosqueiro para o ano que vem. Sobre isso, também houve a sugestão do diretor da AD de vermos o espaço da Biblioteca Municipal onde, segundo ele, também poderíamos contar com espaços. Ele preferiu definir melhor no ano que vem, mas já deixamos o assunto encaminhado”, comentou Viviane.

A Agência Distrital também se comprometeu a dar apoio na divulgação do teste, indicando locais onde o IBGE poderá instalar cartazes, faixas, além da distribuição de filipetas e divulgando o teste em seus veículos de comunicação junto à comunidade.

Mais notícias deste Estado